Rasmussen confessou.

Michael Rasmussen admitiu quinta-feira(31) em uma conferência de imprensa televisionada que tinha dopado durante 12 anos, entre 1998 e 2010. “Eu tomei EPO, cortisona, insulina, hormônios crescimento e fiz transfusões de sangue , diz ex-ciclista da Rabobank, excluído do Tour de France 2007. confessei a autoridades meu doping “ . O dinamarquese, que também anunciou sua aposentadoria, pretende ajudar estas autoridades: ” Estou feliz depois desta confissão por não precisar mais carregar esse fardo. A partir de hoje, vou parar a minha carreira no ciclismo e eu quero colaborar com as autoridades para resolver os problemas. “

fonte:  www.lequipe.fr

Se essa moda pegar vai aparecer mais um monte de “arrependidos“…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Informações Gerais, Notícias e resultados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s